Conheça alguns cuidados para manter seu pet seguro durante as comemorações e festividades de final de ano.

Tipicamente nessa época do ano estamos nos preparando para que nossa celebração de Natal e Réveillon saia como esperado. É importante se programar também em relação aos pets. Cães e gatos requisitam atenção e cuidados redobrados durante esse período de comemorações. Tudo que nos parece muito bom e agradável nem sempre tem a mesma receptividade pelos pets.

Dezembro chegou e com ele as solenidades que implicam em planejamento antecipado. São viagens, visitas, reuniões e claro os pets. Saiba quais as possíveis reações do seu pet e como lidar com elas.

Cada animal reage de uma forma a mesma ação. Há cães que se assustam com fogos e outros que não. Prepare-se com antecedência e evite percalços. Algumas dicas simples e assertivas podem ajudar.

Decoração, ceia, fogos de artifício, etc. Tudo isso é tão atraente quanto assustador para os peludos. Preparamos algumas dicas para que as reuniões e festividades aconteçam dentro do esperado para ambas as partes. Embora muito inteligentes, os animais de estimação têm a mentalidade de uma criança brincalhona e curiosa que requer nosso amor e cuidados. Acompanhe a seguir.

Decoração

Decorar a casa para o Natal e Réveillon é sempre muito divertido onde a família se reúne para deixar tudo colorido e alegre. É importante se lembrar também que tudo isso vai despertar a curiosidade de gatos e cachorros, por isso alguns cuidados são essenciais.

Fixe a árvore de Natal em uma base sólida e forte para não correr o risco de tombar caso seu cão ou gato resolva pular nela e se possível mantenha um cercado ao redor evitando ao máximo a aproximação dos animais. Não use velas verdadeiras dê preferências as velas de LED.

Os enfeites que normalmente penduramos nas árvores são feitos de um material fino e quebradiço que podem causar ferimentos sendo assim na parte baixa da árvore dê preferência a itens que não quebrem deixando os mais sensíveis para o topo.

Outra coisa muito comum é a utilização de plantas típicas como, Poinsétia, Visco e Azevinho, que embora sejam realmente muito lindas, têm uma substância líquida venenosa, o ideal é mantê-las em locais altos ou dê preferências às plantas artificiais que vai deixar o ambiente lindo e sem perigo nenhum para o seu pet!

As luzes e/ou pisca-pisca que normalmente enfeitam a árvore e as varandas das casas podem oferecer risco de eletrocussão, mantenha-os fora do alcance.

E por fim os presentes que costumam ficar ao redor da árvore de Natal acabam sendo um convite a brincadeiras divertidas de cães e gatos que não entendem o risco que correm ao ingerir uma sacola ou inserir a cabeça em uma embalagem plástica e não conseguir retirar causando asfixia. Caso queira deixar ao pé da árvore cerque com portão para pets.

Ceia

As comidas preparadas para ceia normalmente são cheirosas e exalam pela casa toda, os pets se sentem altamente convidados a degustação. Evite deixar carnes e aves expostas, para que em momentos de pequeno descuido o pet não se sinta atraído a comer, pois além de ser um problema para ceia é também perigoso ao animal.

Esse tipo de alimento têm grande quantidade de gordura podendo causar pancreatite que é extremamente desconfortável e pode ser perigosa para a saúde do seu peludo. Não dê restos de comida, nem ossos e avise aos seus convidados para que também não o façam.

Deixar os chocolates fora do alcance é outro fator importante, eles contém a teobromina, que pode causar danos ou falhas nos órgãos.

Mantenha garrafas de bebidas alcoólicas em locais seguros, a ingestão de álcool mesmo em quantidades mínimas pode causar vômitos, diarreia e tonturas. Em quantidades elevadas o álcool pode levar seu pet a óbito. E mesmo não sendo ingerido pelo animal as garrafas de vidro podem se quebrar causando sérios acidentes.

Recepção familiar e/ou de amigos

Essa é uma época tendenciosa a reuniões e visitas. Se esse for o caso de sua residência, avise com antecedência que possui animais de estimação e quais os cuidados seus familiares e amigos devem ter com eles. O entra e sai de pessoas, a conversação, o agito pode deixar os animais amedrontados e aumentar o grau de estresse do pet.

Se o seu animal ficar solto pela casa durante a recepção, deixe todos os convidados cientes para que mantenham as portas e portões sempre fechados. Se porventura você notar o incômodo do seu pet devido a música em volume elevado ou com excesso de pessoas, é válido mantê-lo em local separado para evitar o desconforto dele. Deixe a caminha dele, água e ração para que ele se sinta confortável.
Fique sempre atento às crianças que costumam brincar e interagir com os animais.

Avise aos visitantes que o seu pet só se alimenta de ração e peça para que eles não ofereçam nenhum outro tipo de alimento, mesmo que seja com uma boa intenção o resultado pode ser desagradável a saúde e bem estar do peludo.

Fogos de artifício

Esse é o assunto mais delicado em relação aos animais de estimação. É uma tradição, porém para os nossos pets, em especial os cachorros, esse momento pode ser assustador. Alguns se escondem, tentam fugir, uivam e até babam demonstrando pânico.
Caso você não vá passar o momento da queima de fogos com seu cão ou gato é importante manter todas as portas e janelas muito bem fechadas para evitar que eles fujam.

Se você estiver no mesmo ambiente que seu pet, ligue a TV ou alguma música relaxante em volume elevado para amenizar o som dos fogos. Fique perto deles, passe segurança, não demonstre que você está preocupado, mostre que tudo vai ficar bem e que você está ali caso ele se sinta acuado.

Se porventura você também for soltar fogos, opte pelos silenciosos. Seu animal de estimação e os ouvidos dele agradecerão.

Com tudo bem preparado e atenção redobrada, as festividades ocorrerão de acordo esperado, sendo bom para todos os envolvidos, incluindo os pets.

A My Pet Life deseja a todos os nossos leitores um Feliz Natal e Ano Novo!

Veja também: Fogos de artifício e pets, uma combinação nada perfeita

Leave a comment